Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

^^

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Discrepância da educação

 
Interessante como a educação tem 'evoluído' com o decorrer dos anos, não é mesmo? Quanta coisa mudou... Pena que muitas dessas mudanças são negativas. Está havendo uma enorme inversão de valores na sociedade e isso tem refletido em todas as faces da sociedade. Vejamos nas escolas, por exemplo: os professores não têm mais autonomia em sala de aula; têm que pensar duas ou três vezes antes de repreender veementemente um aluno, pois este pode reclamar para os pais que poderão processá-lo, ou ele ainda pode partir para a violência, causando-lhes algum mal pior como riscar seus carros, e até mesmo atentando contra suas vidas. O que antes era obrigação dos pais: "a educação do berço", agora passou a ser um "problema" dos professores. Os professores têm sim o dever, a obrigação de educar, uma vez que são formados para isso, mas educar quanto à formação intelectual, cognitiva e não quanto à valores e etiqueta. Se possível, devem orientar seus alunos sim, mas não têm que ensinar que ao entrar na sala deve-se pedir "Com licença"; não tem a obrigação de ensinar o que é e quando se usa "Obrigado", "Por favor", "Desculpe" etc. Isso não faz parte da "grade curricular". O papel do educador é ajudar seu aluno a aprender viver em comunidade, inserido numa sociedade, mas não exercer o papel de pai e mãe. Antes, os alunos já vinham educados de casa, assim como minha mãe me dizia: "Olha filho, na escola, seja bonzinho e obedeça aos professores, seja educado!". Hoje, a realidade é totalmente diferente e os professores se quer podem corrigir seus alunos. Pais e alunos não têm conhecimento do seus verdadeiros papéis. Para os pais é mandar os filhos para escola; para os alunos é ir para escola. Só. Poucos pais têm tempo para os filhos, tempo para ver a tarefa realizada naquele dia, se tem lição de casa ou não, se foi bem numa prova ou não. Os filhos por sua vez vão para a escola, é seu dever, mas não sabem que nisso se implica estudar com afinco, fazer as tarefas de casa, trabalhos, estudar. Os que fazem isso são minoria. Como diz uma frase muito inteligente: "Vivemos tentando criar um bom planeta  para nossos filhos, quando vamos começar a criar bons filhos para nosso planeta?". Infelizmente não estamos vendo a inversão de papéis e de valores a qual estamos vivendo,  discrepância da educação no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

+ / - ZOOM



Seguidores do Twitter

♣ Twitter ♣

Compartilhe

Bookmark and Share

Hora Certa!